Categorias
Moda
Higiene
Família
Escola
Amigos
Relações/Rapazes
Ajudem-me em:
 
Envia um SOS!
Se tens um problema,
envia um e-mail
para o SOS! Girls


E-mail: help.sosgirls@hotmail.com
Comentários recentes
LEIA SOZINHO porque no passado eu também não acred...
To com uma dúvida há 2 anos.tudo começou quando eu...
A minha experiência na universidade, de preferênci...
Tem o menino chamado emers
Oi ainda está em duvida?Ele  é apaixonado por...
Os posts mais In
91 Girls comentaram!
23 Girls comentaram!
19 Girls comentaram!
16 Girls comentaram!
15 Girls comentaram!
13 Girls comentaram!
10 Girls comentaram!
10 Girls comentaram!
10 Girls comentaram!
9 Girls comentaram!
Domingo, 10 de Julho de 2011
Contracepção: protege-te contra doenças e a gravidez indesejada!

Métodos contraceptivos

Olá Meninas! :D

 

Continuamos o tema desta semana: sexo.

Uma das decisões mais dificeis que tens de tomar é se queres ter sexo. Se decides que sim, então tes de ter a responsabilidade de te proteger contra a gravidez indesejada e doenças sexualmente transmissíveis (DST).

 

Mas como fazê-lo e que tipo de contracepção escolher? E mesmo antes disso, o que é a contracepção?

A contracepção sexual consiste num conjunto de métodos (naturais ou artificiais) que impedem a fecundação e as DST.

 

O SOS! Girls trouxe-te esta tabela com os métodos de contracepção mais utilizados, as suas vantagens e desvantagens e o grau de eficácia.

 

Métodos contraceptivos
Método Vantagens Desvantagens Grau de eficácia Natural/Não-natural Mecânico/Químico
Abstinência periódica

Sem efeitos secundários.

 

Impede a fecundação pela ausência de relações sexuais durante o tempo em que estás fértil

Não protege das DST

 

Não funciona se tiveres um ciclo menstrual irregular

Variável Natural ---
Preservativo

Evita o encontro do espermatozóide e do óvulo e portanto, a fecundação. É também o único contraceptivo que protege das DST.

Pode romper-se 95% se for bem utilizado Não natural Mecânico
Diafragma

Impede a entrada de espermatozóides no útero

 

Precisas de orientação médica para o colocar e o uso de espermicidas.

 

Não protege das DST

85% Não natural  Mecânico
DIU (Dispositivo Intra-Uterino)

Impede a união do espermatozóide com o óvulo ou o desenvolvimento do feto se já tiver havido fecundação

 

É eficaz de 3 a 5 anos

Não protege das DST

 

Pode ser desconfortável

 

O risco de infecções genitais aumenta

97-99%  Não natural  Mecânico
Espermicidas

Destroem os espermatozóides

Protege por pouco tempo

 

Pode causar alergias

 

Não protege das DST

75%  Não natural  Químico

Pílula

(processos hormonais contraceptivos)

Impedem a ovulação ou a fecundação

 

Fazem com que o teu ciclo menstrual se torne mais regular

Algumas doenças podem agravar-se pelo uso da pílula

 

Pode causar problemas cardiovasculares ou metabólicos

 

Não protege das DST

99% se for tomada bem  Não natural  Químico

 

A partir desta tabela, podes escolher qual o melhor contraceptivo para ti. Se fores muito esquecida, se calhar o DIU é a melhor opção. Mas cada um destes métodos requerem alguma responsabilidade. Os mais simples e utilizados são o preservativo e a pílula.

 

O preservativo

 

Como funciona? O preservativo é colocado no pénis do teu companheiro e actua como uma barreira física, não deixando os espermatozóides passarem para dentro do teu útero. Quando o homem ejacula (ou seja, quando solta esperma), os espermatozóides ficam dentro do preservativo.

 

Como utilizá-lo? (A imagem é um bocado explícita mas pronto...) 

como usar um preservativo

 

Antes de começar a relação sexual:

  • Retirar o preservativo da embalagem com cuidado, para não se rasgar.
  • Analisar qual o lado lubrificado do preservativo para manter esse lado para fora.
  • Apertar a pontinha para soltar o oxigénio que ainda lá está.
  • Colocar o preservativo sobre a ponta do pénis
  • Desenrolar até à base

Depois de terminada a relação sexual:

  • Puxar o preservativopara cima, com cuidado para não entornar o esperma
  • Dar-lhe um nó
  • Deitá-lo fora

A pílula

A pílula pode regular o teu ciclo menstrual e actuar como método contraceptivo.

 

Existem dois tipos de pílula:

  • combinadas
  • microprogestativas

Nomes demasiado estranhos? É fácil! xD Vamos saber um pouco mais sobre cada uma delas...

 

Nas pílulas combinadas, combina-se (duh!) duas hormonas muito importantes para as mulheres, o estrogénio e a progesterona.

São tomadas diariamente durante 21 dias a partir do primeiro dia da menstruação (ou seja, começas a tomar no primeiro dia em que te aparecer sangue nas cuecas xD). Depois dos 21 dias a tomar este tipo de pílula interrompes, deixas de tomar. Começas outra vez quando te vier o período e assim por diante.

 

Já as pílulas microprogestativas são muito mais simples: além de não terem estrogénio ainda se tomam TODOS OS DIAS sem interrupção.

 

Alguns mitos sobre a pílula:

  • A pílula engorda - Falso
  • A pílula causa cancro - FALSO
  • A pílula causa infertilidade - FALSO!!
  • A pílula não é um medicamento seguro - FAAAAALSOOO!!!!


Duvidas sobre Sexualidade? Liga para a

 

Linha da Sexualidade Segura
Tel. 800 202 120
(chamada gratuita)
Horário de funcionamento: 24 h/dia


O nosso próximo post vai ser sobre a Gravidez na Adolescência ;)

 

Beijinhoooos :*

Nicinha :)


Estou: bem :)

Ajuda por Nicinha às 20:00
| Comentar |
|

Segue-nos nas Redes Sociais!
Girls que já visitaram
Temos falado de...

Como curar um coração par...

Rotina da noite

6 musts para levar na mal...

Azul Profundo - Capítulo ...

Conquista AQUELE rapaz em...

8 dicas para lábios perfe...

8 passos para um cabelo b...

Manual do Caloiro - parte...

Manual do Caloiro - parte...

5 looks para a Universida...

Já espreitaste os posts de...?
Links